Installation

  • Um ponto em comum para todo e qualquer programador que se preze, seja ele iniciante ou experiente, é como distribuir seus programas para seus clientes sem que seja necessário destacar um especialista para fazer a instalação máquina a máquina. Quando um programa necessita de procedimentos especiais para funcionar, se faz necessário desenvolver um instalador para ele e até o presente momento eu não encontrei solução melhor que o Inno Setup. Nesta série de artigos (tutorial) eu vou ensinar como criar um instalador do zero usando o Inno Setup. Nesta primeira parte eu vou apresentar rapidamente o Inno Setup e falar a respeito de seu editor não oficial Inno Script Studio.

  • Desta vez a coisa vai começar a complicar um pouco. Vamos começar a usar os arquivos do PostgreSQL no Inno Setup de forma que ele seja instalado juntamente com o programa principal. Nesta parte será feita apenas uma cópia dos arquivos do PostgreSQL, mas vamos falar também a respeito de etapas de pré e pós compilação.

  • Todo instalador que se preze permite que o usuário escolha exatamente aquilo que precisa ser instalado, pois nem sempre ele precisa de tudo que um instalador provê. Nesta parte do tutorial eu vou abordar as 3 seções que permitem que um instalador criado com o Inno Setup seja flexibilizado pelo usuário que está realizando a instalação

  • Já uso o MySQL há algum tempo e sempre que posso eu procuro divulgar suas vantagens, falando que ele é um SGDB robusto e muito fácil de usar e configurar. Neste artigo eu vou ensinar rapidamente como configurar o MySQL manualmente em uma máquina Windows. Os passos apresentados podem ser usados, por exemplo, por um programa de instalação, como o Inno Setup, a fim de automatizar a instalação e configuração do MySQL em qualquer máquina com Windows, sem necessidade de interação do usuário ou com o mínimo de interação possível.

  • Desde quando descobri que o MySQL não poderia ser usado em aplicações comerciais sem pagamento de licença eu comecei a flertar com o PostgreSQL e devo admitir que ele é realmente tudo que falam de bom a respeito dele. As comparações com o MySQL são óbvias, e apesar de eles não terem muita semelhança, ambos são excelentes SGDB. Uma semelhança com o MySQL é que ele também pode ser instalado de forma manual, logo, tal como eu fiz com o MySQL, neste artigo eu vou ensinar rapidamente como configurar o PostgreSQL manualmente em uma máquina Windows.

Ajude nosso site visitando nossos patrocinadores!

Temos 125 visitantes e Nenhum membro online nos últimos 10 minutos (12.5 visitantes por minuto).